COVID-19: Vamos nos Conscientizar!

Bom faz pouco mais de uma semana que não escrevo, à escrita para mim é uma arte, e como toda arte tem seus dons terapêuticos à escrita tem sido isto para mim,uma terapia. Com ela eu consigo expressar a minha própria arte, me redescobrir e claro expressar meus pensamentos sobre a vida, sobre os sentimentos, mas com a única e verdadeira intensão de ajudar, com tudo que aprendi ao longo da minha jornada. Peço-lhes desculpas pela minha ausência, que desta vez foi devido a uma crise intensa de ansiedade, eu estou acostumada a escrever sobre estas doenças e como controlá-las, pois eu convivo com isto quase que diariamente e é uma luta, mas é possível sim alcançar um estado de paz, de equilíbrio. A ansiedade infelizmente faz com que nossos pensamentos se acelerem ao ponto de perdemos total controle e chegarmos ao estado de pânico, medo, angústia, enfim o que nos desestabiliza e nos impede de respirar com calma e raciocinar. É horrível, e foi exatamente o que eu senti, eu precisei de alguns dias e principalmente de apoio até encontrar a paz que necessitava e me manter em equilíbrio novamente.

Quando o meu pânico passou, me deparei ou melhor eu caí na real, as vezes a gente acha que algumas coisas são pequenas e passageiras e na verdade são bem mais complicadas do que realmente imaginamos, então eu vi o mundo em estado de alerta. Covid19 o novo vírus, espalhado agora pelo mundo inteiro, se proliferando e o verdadeiro pânico estampado no rosto das pessoas, cidades históricas desertas, hospitais sobrelotados, pessoas morrendo, outras sendo deixadas para morrer e mais outras mil sendo infectadas, fronteiras sendo fechadas, supermercados vazios, medidas, decisões sendo tomadas, novas descobertas da contaminação e o mundo inteiro em estado de pânico.

Soube exatamente sobre o que escrever, o mundo necessita de nós agora, precisamos um do outro e agora é hora de por na prática tudo que lemos, ouvimos, escrevemos sobre empatia e conscientização. Estamos em tempos difíceis, a maldade é tudo que vemos hoje, suicídios, depressão, ansiedade, violência, há uma ausência significativa de Amor de empatia pelo próximo. Eu não sei no que vocês acreditam, mas eu vejo toda essa situação atual como um despertar, um grande sacode seja do universo, de Deus, da ida ! para que possamos agir verdadeiramente com bondade e com amor nessa hora.

Enquanto há vida, há esperança. (Eclesiastes 9:4)

Não importa quanto a vida possa ser ruim, sempre existe algo que você pode fazer, e triunfar. Enquanto há vida, há esperança. (Stephen Hawking)

Eu coloquei estas duas citações, pois Stephen não acreditava na existência de um Deus mas tinha esperanças na “vida”. Particularmente a minha esperança vem de Deus e por isso eu acredito na bondade, na vida e que podemos vencer todo esse mal com o bem, e simplesmente fazendo nossa parte como cidadão, como seres humanos, agindo com amor, com bondade. O pânico como eu citei no começo nos impede de raciocinar, e por isto tenho visto pessoas tendo atitudes exageradas, mal pensadas e realmente egoístas. O maior grupo de risco desta doença são os idosos, as crianças e gestantes, é importante fazermos a nossa parte e proteger este grupo, e a melhor maneira de fazer isto é, não sair por aí correndo o risco de se contaminar e como consequência claro contaminar outras pessoas !. A ignorância deixam as pessoas cegas e egoístas, se informem, pois neste grupo de risco podem estar uma ou mais pessoas que você ama, e é assim nas outras famílias. Empatia ! É o que precisamos ter. E para quem ainda não tem noção do que se trata esse vírus , eu peguei algumas informações mais resumidas e claras de outras fontes, para que todos fiquem sempre bem informados e se previnem e conscientizem outras pessoas também.

1. O que é o coronavírus?

Coronavírus é o nome de uma grande família de vírus que tem uma estrutura em formato de coroa, conhecida desde 1960. Eles causam infecções respiratórias e já provocaram outras doenças, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers). A doença causada pelo novo coronavírus recebeu o nome de Covid-19. Ela foi descoberta no final de dezembro de 2019, na China. A primeira morte foi registrada em 9 de janeiro.

2. Como é a transmissão?

Por meio de três formas:

  • Por vias respiratórias, pelo ar e por gotículas provenientes de espirros e da fala de indivíduos infectados;
  • Por contato físico, quando essas gotículas com o vírus alcançam mucosas do olho, nariz e boca por meio de beijos e abraços;
  • Por meio do contato de superfícies contaminadas, quando essas gotículas com o vírus ficam depositadas em locais como um corrimão ou uma maçaneta, e depois entram em contato com mucosas do olho, nariz e boca.

3Quais são os sintomas da doença causada por coronavírus?

Tosse seca, febre e cansaço são os principais sintomas, mas alguns pacientes podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia. Nos casos mais graves, que geralmente ocorrem em pessoas que já apresentam outras doenças associadas, há síndrome respiratória aguda e insuficiência renal.

4-Como prevenir o coronavírus?

Higienizar as mãos e superfícies, como móveis e corrimão, são as principais formas de se prevenir contra o novo coronavírus. Mesmo com as mãos limpas, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca. Além disso, é preciso limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

O uso de máscaras é recomendado somente para os casos abaixo:

  • Para quem está saudável, usar a máscara apenas se estiver cuidando de alguém que tenha suspeita de coronavírus
  • A máscara também deve ser usada por quem está tossindo ou com o nariz escorrendo

Nos casos em que se fizer necessária (citados acima), o uso da máscara deve ser combinado com a frequente higiene das mãos, com água e sabão ou utilizando álcool.

O Ministério da Saúde alerta também para que não seja feito o compartilhamento de itens pessoais, como talheres e toalhas. Também é recomendável manter a uma distância mínima de um metro de pessoas que estejam espirrando ou tossindo.

Para infectar uma pessoa, o vírus precisa sair de um doente e entrar no organismo de outra pessoa. Ao tossir, falar ou espirrar, por exemplo, o vírus se espalha por meio das gotículas – não há indício de transmissão pelo ar sem ter relação com estas gotículas. Estudos avaliados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que o vírus pode persistir nas superfícies por algumas horas ou, até mesmo, vários dias. Isto pode variar e depende das condições do local, do clima e da umidade do ambiente. Usando as gotículas como “transporte”, os vírus podem ficar em superfícies como maçanetas, apoios de transporte público, botões de elevadores, teclas de computador, celulares, entre outros.

Como é feito o tratamento?

Não existe tratamento específico contra a Covid-19. Os pacientes infectados recebem uma medicação para aliviar os sintomas. Ibuprofeno, corticoides e aspirina não devem ser usados por quem estiver infectado pelo novo coronavírus (Leia mais no item “42. O ibuprofeno é recomendado para tratar a Covid-19?”).

Segundo o Ministério da Saúde, o tratamento indicado é repouso e consumo de bastante água. Antibióticos não devem ser usados, segundo a OMS, por serem capazes de combater somente infecções bacterianas, não as virais como no caso do coronavírus. As medidas adotadas para aliviar os sintomas são:

  • Medicamentos para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).
  • Umidificador no quarto ou banho quente para aliviar a dor de garanta e tosse.

É possível ser infectado mais de uma vez por coronavírus?

Os cientistas ainda não têm essa resposta de forma concreta. Há notícia de pelo menos um caso de uma mulher no Japão que testou positivo para o novo coronavírus pela segunda vez quase um mês após ter recebido alta do hospital. Também houve outro caso na Itália, onde o primeiro paciente de coronavírus da cidade de Turim voltou a ter diagnóstico positivo para Covid-19 depois de ter sido liberado de um hospital com um resultado negativo para o vírus. Infecções reincidentes também foram relatadas na China, onde a doença se originou no fim de 2019.

Estou com suspeita de infecção por coronavírus. Como devo proceder?

Em 80% dos casos, os sintomas de coronavírus são leves, semelhantes a uma gripe. Nestes casos, o essencial, segundo a Organização Mundial da Saúde, é evitar sair de casa. O Ministério da Saúde recomenda ficar em repouso e tomar bastante água. Se precisar sair, deve-se evitar circular em lugares fechados, com muitas pessoas e com pouca ventilação. É preciso entender que ir ao trabalho ou à escola com sintomas de gripe implica expor potencialmente outras pessoas à doença.

Crianças ou adultos: quem corre mais risco ao ser infectado por coronavírus?

Segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia, os grupos de maior risco são crianças menores de 2 anos, gestantes, adultos com 60 anos ou mais.

O coronavírus tem cura?

Segundo a OMS, ainda não há cura e não há um tratamento medicamentoso definido. Mas, segundo o infectologista Queiroz, existe a chamada “cura espontânea”, que ocorre quando o corpo reage à infecção.

Qual é a origem do novo coronavírus?

Os estudos ainda não determinaram a origem. Sabe-se que o vírus responsável pelo Covid-19 é uma variação da família coronavírus. Outras variações mais antigas de coronavírus, como SARS-CoV e MERS-CoV, já eram conhecidas pelos cientistas. O surto inicial da doença atingiu pessoas que tiveram alguma associação a um mercado de frutos do mar em Wuhan. Uma das hipóteses é que a origem tenha relação com o consumo de carne de pangolim, um mamífero em extinção.

O que é pandemia?

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia para o Covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus, na quarta-feira, 11 de março. Segundo a OMS, uma pandemia é a disseminação mundial de uma nova doença. É um termo usado com mais frequência em referência à gripe e, geralmente, indica que uma epidemia se espalhou para dois ou mais continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa. A questão da gravidade da doença não entra na definição estrita da OMS de uma pandemia — apenas a disseminação –, embora a organização possa levar em consideração o ônus geral da doença para a população antes de declarar uma pandemia.

Qual a diferença entre pandemia, epidemia ?

Pandemia: é a disseminação mundial de uma nova doença. É um termo usado com mais frequência em referência à gripe e geralmente indica que uma epidemia se espalhou para dois ou mais continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

Casos de coronavírus no Brasil em 19 de março (14:20)

Secretarias estaduais de saúde contabilizam 534 infectados em 20 estados e no DF. Último balanço oficial do Ministério da Saúde aponta 428. Já são seis mortos no Brasil, quatro em SP e dois no RJ.O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na noite de quarta-feira, contabiliza 428 infectados, 11.278 casos suspeitos e 1.841 casos descartados.

Situação no mundo

De acordo com informações da Organização Mundial da Saúde (atualizadas às 16h40 de quarta-feira), houve 207.855 casos confirmados e mais de 9.000 mortes por Covid-19 em 166 países e territórios. O balanço apontou que cerca de 34% das mortes estão concentradas em Hubei, província chinesa onde se iniciou o surto: lá, foram ao menos 3.130 vítimas fatais. A Itália aparece como o segundo país com mais mortes por novo coronavírus, são 2.978, 32% de todas as mortes no mundo.

Enfim está bem claro que o que estamos passando por agora é um momento muito difícil e não só no país que vivemos mais no mundo inteiro, é assustador e triste demais. Estamos entrando em uma crise, serão dias difíceis, mas não podemos perder a fé, a esperança e nem esquecer de fazer a nossa parte para que tudo isso passe. Não saiam de casa, quem puder e tiver essa facilidade de trabalhar de casa faça isso, as pessoas acham que não é nada, mas diminuir a circulação de pessoas nos lugares, nos transportes públicos, parques, shoppings enfim.. faz com que este vírus não se espalhe e pessoas não se contamine! E muitas mil pessoas possam ser salvas ! Principalmente os idosos, as gestantes e as crianças !

Vamos manter a calma e conscientizar as pessoas, os mercados estão ficando vazios e há um exagero nisto, um egoísmo, não pensam no pobre que não tem condições de fazer a compra para um mês, e estão estocando comida para três, quatro meses sem pensar .. e o grupo de risco? e quem ficar doente? e precisar e não tiver a mesma condição? E as máscaras ? Que são somente para os grupos de risco os médicos para quem realmente necessita usar, e até isto estão estocando. O álcool em gel, máscaras, toda a comida do mercado, salve-se quem puder! E quem não puder.. Morre de fome! E sem máscara também se um dia realmente precisar .. é triste e é o mundo no qual vivemos, pessoas que só pensam em si mesmas. Eu e minha família somos da classe social dos pobres, eu ainda preciso trabalhar todos os dias, não tenho a praticidade de trabalhar de casa, pego transporte público todos os dias, e estou correndo risco mesmo tendo todo cuidado, minha mãe e meu pai tem 57 anos e o meu maior medo hoje é que eles se contaminem, que eu passe esse vírus para eles. Meus vizinhos são quase todos bem idosos e muitas crianças bem pequenas que não chegam nem a 3 anos de idade e são neles que eu penso todos os dias antes de sair e ao voltar para casa. Infelizmente todos nós dependemos do SUS e já fomos bem informados que não haverá leitos o suficiente para todos e por isso pedem para que fiquemos em casa, não vai haver leito nem para minha mãe, pai, vizinhos muito menos para mim e nem comida para comprar porque vão acabar com tudo, nem máscaras, nem remédios e só Deus mesmo para escolher qual nosso destino.

Eu só peço que agora pensem no próximo e no mundo inteiro que passa por toda está situação, aja com bondade, pratique a empatia não só fale dela, chega de tanta maldade, que essa história não só seja lembrada pelas coisas ruins que aconteceram mas que também seja pelo ato da bondade que boas histórias sejam contadas em meio a tanta dor e sofrimento que estamos passando. Vamos ter esperança que haverá um futuro melhor para todos nós, vamos vencer, o mundo vai se curar! E vamos poder sair às ruas novamente e vamos dar valor para o ar que respiramos, para cada plantinha desta terra ! Cada árvore plantada ! Para o céu o sol, a chuva e tudo e principalmente para as pessoas que amamos. “Tudo que acontece de ruim nesta vida.. é para melhorar ” tudo é uma lição, experiência e vamos aprender com está e já estamos.

Não importa quanto a vida possa ser ruim, sempre existe algo que você pode fazer, e triunfar. Enquanto há vida, há esperança. (Stephen Hawking)

“O silêncio é a resposta dos sábios”

“O mais competente não discute, domina a sua ciência e cala-se.”
Voltaire

Sábio é aquele que, em silêncio, desenvolve um estado mental que o ensina a ser prudente e coerente com o que vai dizer. Nesse silêncio, pode parecer óbvio, mas quanto mais pensamos, menos vamos falar. Falar mais é pensar sempre menos.

Certamente, você já passou por situações em que falou mais que deveria o até mesmo falou o que não deveria, por impulso, por raiva enfim uma situação constrangedora e ruim. Em situações como estas somos sempre convidados a debater, a expor nossa opinião, o que sentimos, e a consequência disto é o “falar sem pensar “. É o resultado da emoção, do que sentimos e por isto é importante às vezes ouvir a razão.

Há algum tempo eu tenho passado por situações complicadas, e para mim é como um teste, um processo de amadurecimento onde o silêncio tem sido um exercício diário. Eu pratico o silêncio para não perder meu equilíbrio emocional, não agir por impulso embora minhas emoções peçam ao contrário. E por isso eu quis falar sobre isto hoje, as vezes você se encontra em momentos de crise, onde há pessoas tentando tirar a sua paz e fazer com que você perca o seu autocontrole dando a eles o que desejam, agressividade e que haja com ignorância, justamente para que você demonstre ser o que não é. O silêncio é a resposta mais sábia que podemos dar nestes momentos, mesmo sendo difícil ficar calado quando por algum motivo algo não te agrada, se você agir e falar sem pensar, haverá uma grande chance de você ser afetado pelas circunstâncias externas.

Quando o sábio é testado a dizer aquilo que o tolo quer ouvir, basta o silêncio para distorcer seu modo habitual de se impor. Por isso, quando se diz por meio do silêncio, cala a arrogância. O silêncio é uma virtude que revela o olhar dos sábios.

Vivemos em um mundo destituído de consciência e infelizmente muito cruel, há uma falta de empatia nas palavras, no modo de agir, ninguém se importa de verdade. Nós recebemos às informações mas não nos preocupamos com as formações, com os fundamentos e se realmente existe um fundamento, falamos o que escutamos, e logo não nos importamos com a verdade.

Os antigos falavam pouco, liam pouco e pensavam muito sobre o pouco que falavam e liam. Hoje lê-se muito, fala demais e pensa de menos”. Clara Dawn

O silêncio pode parecer um ato de covardia para os tolos, mas ele é um lugar no nosso interior um espaço dentro de nós para a reflexão, para que possamos pensar, falar e agir com sabedoria. Em alguns casos o silêncio pode ser sinal de algum problema interno, o que causa depressão, ansiedade, e outras doenças psicológicas. Nestes casos é importante você dizer o que sente, mas somente para pessoas que realmente tem boas intenções. Digo isto porque, existem pessoas maldosas e sabemos disto, e não é surpresa que a maioria delas usem a nossas dores, as nossas cicatrizes para nos difamar, e fazer dos nossos problemas ainda maiores. É triste, mas é a realidade do que vivemos, do que enfrentamos.

Enfim, que o nosso silêncio seja abastecido com palavras de bondade e amor, que nele possamos procurar e achar o nosso equilíbrio emocional. Que o nosso silêncio não seja encarado como uma covardia ou medo, mas sim uma possibilidade de dizer de forma honesta, sem precisar ferir verbalmente,assim tendo uma consideração por quem vai ouvir não importando quem seja ou o que ela tenha feito.

E não se preocupe com o barulho, pois é por meio dele é que se revela o silêncio. 🙂

“Demore na dúvida, e descubra a sabedoria que insiste em se esconder na ausência de palavras. Padre Fábio de Melo

Aprendi o silêncio com os faladores, a tolerância com os intolerantes, a bondade com os maldosos; e, por estranho que pareça, sou grato a esses professores. Khalil Gibran “

Se o que tens a dizer não é mais belo que o silêncio, então cala-te. Pitágoras