“A adversidade pode ser uma benção.”— Anne with an E

É normal que eu comente em meus textos sobre alguns dos livros que já li, que eu use citações de poetas, filósofos e artistas. Os livros são para mim como meus grandes amigos, meus companheiros diários, e talvez seja assim para todo escritor. Não leio somente para obter mais conhecimento sobre as coisas, mas porque a leitura me leva a um estado de paz, me traz leveza e a doce sensação do conforto de “estar em casa”. O “Lar” que eu cito aqui não é uma estrutura, mas um lugar onde encontramos conforto, paz e equilíbrio, a leitura e a escrita, é o que eu chamo de “meu lar”. 🙂

Hoje eu não quero apenas comentar, mas escrever sobre “Anne with an E”, para quem desconhece, é uma série que se origina do livro Anne de Green Gables, escrito por L. M. Montgomery. Por que escrever sobre uma série? Eu li muitos livros, incontáveis, assim como assisti a muitos filmes e séries, mas nunca nenhum outro livro, filme ou série me tocou tanto, me ensinou tanto como Anne. Existe aquele velho ditado “não julgue o livro pela capa”, e foi assim, pela personagem ser uma adolescente, eu esperava que fosse mais como um “conto de fadas”. Anne, ironicamente me trouxe uma série de aprendizados que eu jamais esquecerei, uma história de Amor, compaixão e coragem. Há sempre muito o que aprender em todas as etapas de nossas vidas, a verdade é que a sempre algo para se descobrir, conhecer, aprender. A vida é cheio de surpresas, e a maneira que ela nos ensina é mais surpreendente ainda. Enfim.. mas, para quem desconhece tanto o livro quanto a série, aí vai um resumo da querida Anne de Green Gables.

“Anne With An E” (Anne com “e” em português) é umas das novas séries produzidas pela Netflix, que se origina do famoso livro Anne de Green Gables, escrito por L. M. Montgomery em 1908 e que foi um sucesso mundial mesmo em sua época. A série conta a história dos irmãos Marílla e Mathew Cuthbert e da pequena Anne Shirley. Tudo começa quando os irmãos Cuthbert decidem adotar um menino órfão para ajudar nos afazeres da fazenda, porém, os irmãos são surpreendidos quando, ao invés de um garoto, quem aparece é uma menininha de cabelos vermelhos, sardas e uma mente brilhante que depois de passar por tantos lares adotivos está maravilhada por finalmente ter uma casa. A pequena garota e sua imaginação irão transformar a pacata vida dos Cuthbert e da pequena cidade de Avonlea para sempre.

Irmãos Marílla e Mathew Cuthbert pais adotivos de Anne.

Podemos ver também o gosto de Anne pela leitura, a garota acha em livros, como Jane Eyre, um refúgio diante da realidade desgostosa que vivia. Para deixar a série ainda melhor são tratados temas seríssimos, como o racismo, feminismo, escravidão e ganância, mas principalmente a história ensina sobre compaixão, amor e para a pequena Anne a sensação de finalmente ter um lugar para chamar de lar e pessoas para chamar de família.

“Liberdade de expressão é um direito humano”

A série nos traz muitos aprendizados, principalmente no que diz respeito a forma em como lidamos com a vida, mesmo se tratando de uma história que se passa o final do século 19. Anne me fez relembrar parte da minha história, por anos durante a minha infância, adolescência e até parte da minha juventude eu sofri tentando achar um lugar nesta sociedade no qual eu me encaixasse. Para a maioria das pessoas, eu era um criança incomum, adolescente incomum e até hoje ainda ouço alguns comentários maldosos. O que significa ser incomum? É Ser diferente, ser diferente do que esperam que você seja, é ter sua própria essência. Não só por isto, assim como Anne, eu fui julgada pela minha aparência por não ter a beleza padrão das outras crianças, logo depois das outras mulheres. Sofri, não tive muitos amigos, e logo cedo tive que aprender o que é “ser sua própria companhia”, e como consolo, eu me refugiei nos livros, na escrita e na minha fé em Deus. Me lembro que conversava muito com Deus, como se realmente estivesse conversando com um amigo, mesmo sendo criança, sentia que ele estava mesmo me ouvindo. Uma daquelas lembranças que nos fazem chorar, que toca a alma. Cada episódio de Anne que assistia, era como se eu estivesse revivendo a minha própria vida, a sensação era como se minha vida que estivesse sendo contada, me conectei não somente com a série, mas com a personagem protagonista “Anne” e outros personagens, em vários momentos, foi muito impactante.

Mas quando olho para o meu passado, e todas as lutas que tive de enfrentar, não desistir foi a escolha mais corajosa que eu fiz nesta vida. Talvez se eu fosse diferente do que sou, não estaria aqui escrevendo, incentivando pessoas a não desistirem também. Então, Graças a Deus por “Ser Incomum”, eu nunca quis limitar meus pensamentos, minhas idéias, meus sentimentos. Posso não ter sido a “criatura mais bela “, mas graças as adversidades, eu descobri que a beleza não se limita somente ao que podemos ver com esses olhos, mas ela reside nas palavras ditas com amor, em uma mente brilhante, em um coração bondoso. E por isso me conectei tanto com Anne, ela é julgada pela aparência e para todos, não é digna de ser amada por alguém, quando tudo que ela já tem é o Amor, um amor pela vida. Por ser diferente, e sonhadora, ninguém acredita que ela consiga ser alguém, mas são suas diferenças que faz com que a história de uma comunidade inteira mude, evolua, as adversidades não a pararam.

É de se esperar que foram rios de lágrimas que surgiram dos meus pequenos olhos, e que eu me perguntei diversas vezes por que nunca quis ler ou comprar este livro. Mas já fiz a minha encomenda, sem dúvidas, acho que existe um momento certo para todas as coisas, e até para estas pequenas coisas que nem imaginamos que vai nos causar tanto impacto, mas um impacto bom claro. Todo o aprendizado nos acrescenta, assim são as adversidades, uma vez disse que só temos o prazer de conhecer a Felicidade, porque tivemos que sentir primeiro a tristeza, as frustrações fazem parte da vida. Mas, a vida não é somente frustrações, tudo que aprendemos no percorrer deste tempo em meios aos desafios, é para que possamos nos tornar pessoas verdadeiramente “BOAS”. O propósito é ser bom, e não só para si, mas para todos, é ter compaixão pelas pessoas, empatia, é aceitar as diferenças, é não limitar o Amor, porque o Amor transforma, e o mundo não poderia existir sem um ato de Amor, de bondade, solidariedade, nós necessitamos de Amor e precisamos um dos outros.

Se vocês são julgados hoje “incomuns”, por amarem demais, sonharem , por terem sede de conhecimento, pela arte, por terem sede pela vida, e por tudo que é belo e inspira, se são julgados pela aparência, pelas diferentes idéias e opiniões e pelo desejo de mudar o mundo. Eu peço a vocês não mudem!! Sejam então o Incomum, e sejam os faróis deste mundo!. Nos ilumine com a beleza das suas mentes, almas e corações, não desistam, mas se descubram a cada novo dia. Como dizia Raul Seixas ” prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo” Sejam como metamorfoses. Abracem suas transformações.🦋🌻♥️

Se vocês ainda não leram ou assistiram essa maravilhosa história, recomendo que assistam e leiam, não tenho dúvidas que irá tocar seus corações. Para finalizar, algumas das frases inspiradoras desta série. ❤️

A vida é curta e o mundo é grande.”

“A vida tinha tantas cores através dos olhos dela. Isso coloriu o meu mundo para sempre.”

“Acredito que há sempre algo bom para aprender nas situações. Mesmo as ruins. Eu acho que constrói caráter.”

Adoro contemplar o horizonte e imaginar as possibilidades.”


Há coisas mais importantes do que a beleza.”

Ler pode salvar sua vida.”

Me diga e eu esqueço, ensine-me e eu lembrarei. Envolva-me e eu aprenderei.”

Não é o que o mundo reserva pra você, mas o que você trás para o mundo.”

Não há um caminho certo na arte ou na vida. Às vezes, não há nenhum caminho e você deve demolir paredes e esculpir o seu caminho através das madeiras para chegar onde precisa.”

O diferente não é ruim. Ele só não é mais o mesmo.”

Os sonhadores mudam o mundo. Mentes curiosas nos impulsionam pra frente.”

Grandes palavras são necessárias para expressar grandes ideias.”

“Apenas agradeça a Deus pelas suas bênçãos. E peça, humildemente, as coisas que deseja.”

“Às vezes a vida esconde presentes nos lugares mais sombrios.”

Eu vim para a feliz opinião evolutiva que sou incomum e eu a abracei.”

Não importa o que você descubra do seu passado, bom, ruim ou indiferente, saiba que você já é o bastante, tal como é agora.”

A mudança de uma nova estação traz possibilidades, e todos nós não merecemos isso? Um novo começo, ou a sensação de um, pelo menos.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s