O mundo é grande, a vida é curta, o tempo é breve. (Antonio Francisco)

O tempo passa depressa demais e
a vida é tão curta. Então — para que eu não seja engolido pela voracidade
das horas e pelas novidades que fazem o tempo passar depressa — eu
cultivo um certo tédio. Degusto assim cada detestável minuto. E cultivo
também o vazio silêncio da eternidade da espécie. Quero viver muitos
minutos num só minuto.
in Um Sopro de Vida (Clarice Lispector)

Não duvide do valor da vida, da paz, do amor, do prazer de viver, em fim, de tudo que faz a vida florescer. Mas duvide de tudo que a compromete. Duvide do controle que a miséria, ansiedade, egoísmo, intolerância e irritabilidade exercem sobre você. Use a dúvida como ferramenta para fazer uma higiene no delicado palco da sua mente com o mesmo empenho com que você faz higiene bucal. (Augusto Cury)

Tem sido dias difíceis para todos nós, o tempo se acostumou a correr, e sei que esse é o desespero de muitos. Aquela sensação ruim de que perdemos metade de um ano, e não somente o ano, são vidas sendo perdidas, laços sendo desligados , desfeitos, muita dor, angústia e o tempo e a vida sendo perdidos para muitos de nós. Durante estes dias, semanas, e agora meses, tivemos muito tempo para pensar sobre o valor que tem “a vida”, não só a nossa, mas a de todo “ser humano e ser vivo” deste mundo. Hoje, nem o dinheiro ou os bens materiais pode nos beneficiar ou nos diferenciar perante a esta doença, que não escolhe classe social, cor ou comunidade. Somos todos iguais e nossas condições também são , dependemos uns dos outros, e acima de tudo precisamos ser conscientes.

Sei que manter a sanidade e o equilíbrio nestes dias de quarentena, tem sido muito difícil. Para aqueles que sofrem de ansiedade, depressão, síndromes, que são doenças psicossomáticas, está crise , é como uma bomba prestes a explodir torturando a cada toque do relógio. É uma tortura angustiante, dói, e a sensação é como se fôssemos morrer a qualquer momento, a angústia invade o nosso peito de uma forma que nos falta o ar para respirar. É triste, e por isto é necessário ser forte, é necessário se ajudar e buscar ajuda neste momento, pois sabemos que não somente o vírus, mas tantas outras doenças, são responsáveis por tantas mortes que continuam acontecendo. O mundo pede por socorro, e nós podemos salvar vidas, não só as nossas, mais muitas vidas.

Fazendo a nossa parte, cuidando da nossa saúde, de nossas famílias e ajudando as famílias necessitadas. A fome é uma realidade e não só passou a existir agora, mas esta pandemia fez com que isto realmente fosse levado a sério. Ninguém deseja morrer de fome, e quando nós pensamos em nossos familiares, não queremos que a dificuldade a dor atinja eles, e só de imaginar, já nos aperta o peito. Somos tomados pela culpa, por que será que nunca pensamos nos tantos homens, e mulheres, crianças, idosos, famílias que morrem de fome, de desnutrição todos os anos? São humanos, como nós, famílias como as nossas, uma simples ação, uma doação, um ato de amor, de solidariedade é capaz de mover , de mudar o mundo. Demorou muito para que a empatia, o amor pelo próximo, a solidariedade, fosse compreendido de verdade, e só compreendemos porque também estamos sujeitos a passar pelo mesmo, é a empatia fazendo efeito, se colocar no lugar do outro. Então, não espere nunca um momento específico para ser gentil, ser solidário, empático, se você puder ajudar faça isso de coração e o mundo agradece, precisamos de boas ações, de bondade de amor e não por determinado tempo mas por tempo indeterminado, sempre.

Ajude os doentes, os ansiosos, depressivos, que sofrem de alguma doença psicólogica, mesmo com distanciamento, conversem, compartilhem suas idéias, façam vídeos chamadas, liguem, escrevam, cantem. Tivemos notícias recentes de suicídios, as pessoas, se sentem sozinhas, abandonadas, eu sei como essas doenças invadem os nossos pensamentos, o nosso subconsciente, e como tira a alegria, o ânimo e a vontade de viver. Mas, não é esta a verdade, existe uma cura para todas essas doenças , e essas pessoas precisam saber o quanto a vida é importante, que a esperança vive, e que há muito para se viver, e mesmo que elas não encontrem o amor, em suas famílias ou relacionamentos, elas podem e devem se amar, terem amor pelas suas vidas, e que existem pessoas que estão dispostas a ensinar, ajudar a encontrar este amor e os melhores remédios naturais da vida para estas doenças. E a arte é uma delas, a dança, a música, as pinturas, artesanatos, a escrita e toda forma de arteterapia. Ela é leve, doce, e calma como uma poesia, tem o poder de curar, é uma calmaria nesta tempestade em que estamos passando.

Seja qual for a sua crença, acredite que ela é importante. Eu particularmente acredito em Deus e tudo que provém dele, acredito em suas escrituras e claro que ainda continua operando milagres. Assim como acredito na ciência, e que o mesmo Deus é quem capacita os homens com força, sabedoria, paciência, conhecimento, para que busquem uma possível cura para esta doença, e tantos outros meios já avançados da medicina que ajudam na melhoria de algumas das doenças já existentes. Digo isto, pois eu ouvi em algum lugar, alguém fazendo com que as pessoas ensinassem os seus filhos a acreditarem somente na ciência, e dizendo que ser dependente emocionalmente de Deus era totalmente errado , eu discordo deste pensamento, o amor de Deus é tão importante quanto ter conhecimento, e ser sábio é saber discernir. Se compararmos a Dependência Emocional com o amor ágape, o amor do tipo de Deus, podemos perceber com clareza a diferença entre a dependência e amor.

Amor Ágape

É derramado pelo Espírito Santo em nossos corações

É paciente e benigno, Não arde em ciúmes

Não se ufana, não se ensoberbece

Não se conduz inconvenientemente

Não procura seus próprios interesses

Não se exaspera (irrita)

Não se ressente do mal

Não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade

Tudo sofre, Tudo crê

Tudo espera, Tudo suporta

Dependência emocional

Surge a partir de carências emocionais não tratadas

É extremamente impaciente e pode prejudicar as pessoas envolvidas

Preocupa-se com aparências e necessita ostentar a todos que há uma intimidade e familiaridade, necessita marcar território

Necessita de recompensas e está sempre esperando por elas, caso não aconteça pode cobrá-las.

Não reconhece limites, podendo deixar terceiros constrangidos em sua presença.

Irrita-se com facilidade.

Não se preocupa se outras pessoas estão sendo prejudicadas por causa de sua dependência, tem forte tendência à manipulação, não consegue enxergar a si mesmo, a outras pessoas e circunstâncias de forma realista.

É desconfiado

É imediatista

Não aceita ser contrariado, o que pode levar a pessoa a cometer suicídio ou mesmo assassinato.

Quando compreendemos o verdadeiro amor, tudo que é falso amor em nossas vidas é desmascarado. Enfim, o Amor e a dependência emocional de Deus é algo que transforma, traz paz, paciência, sabedoria, mansidão e precisamos disto em tempos difíceis não é? Ter fé não é nenhum pecado! Depender de um Amor que é capaz de transformar vidas, curar, salvar não é nenhum pecado é? Pelo contrário é um bem para vida. Mas, os meus filhos terão o livre árbitro para escolherem em que e o que acreditarem, mas, devo contar a eles sobre o AMOR e sobre a maior prova de amor e única que nos foi dada.

O Amor deve ser compartilhado sempre. A vida nos ensina muita coisa, e ela tem feito isto surpreendentemente, quanto mais o tempo passa, mas nós queremos correr, andar, respirar, tocar, abraçar, gritar ! Nós descobrirmos o quanto amamos às pessoas , a vida e o lugarzinho que vivemos, o quanto sentimos falta de viver ! De poder caminhar tranquilos, e respirar sem medo, de sentir o sol, as gotas pesadas da chuva, sentimos falta do vento soprando as árvores, as folhas caindo, de ler um livro em algum lugarzinho. Sentimos falta daquele toque das mãos, do abraço apertado, do beijo e de tudo que fazia parte da nossa rotina. A vida é um presente!! Ficar em casa tem sido tão ruim porque, só agora descobrimos o quanto amamos á nossa vida.

Por isto eu com toda certeza digo que é importante ter fé e acreditar que vamos vencer está batalha, vamos enviar mensagens de força e toda positividade para os médicos, cientistas, enfermeiros, e todos aqueles que estão na linha de frente lutando pela vida de todos nós e colocando suas vidas em risco . Eu oro sim por eles, e pelas vidas hospitalizadas, pelas famílias que perderam seus entes queridos ou que estão passando por isso. Que sejamos resilientes agora, e possamos sair desta melhores. Compartilhe Amor sempre. Seja gentil sempre e o mundo será melhor.

“Enquanto houver vida, há esperança ”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s